GABRIEL, Marcus. “O ser mitológico da reflexão — Um ensaio sobre Hegel, Schelling e a contingência da necessidade”. In GABRIEL, Marcus.; Zizek, Slavoj. Mitologia, loucura e riso: “A subjetividade no idealismo alemão”. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2012.

INÍCIO DA LEITURA EM ABRIL DE 2013.

O ensaio é extremamente interessante. Mas sobre a filosofia da mitologia de Schelling, que foi a principal razão de minha leitura, não traz realmente muito. De qualquer modo, serviu para complementar bem as informações que eu já possuía a respeito. Traz além disso uma interessante comparação não apenas com Hegel, conforme se poderia prever já pelo título, mas também, curiosamente, com o filósofo da linguagem Wittgenstein. Esdte estudo de Marcus Gabriel realmente vale a pena. Preciso agora ler, quando tiver um pouco mais de tempo, os demais ensaios do livro.

TÉRMINO DA LEITURA EM ABRIL DE 2013.